• gdock

Crimes Aduaneiros. Representação Penal



São tempos difíceis para o Comex! Na teoria, a lei era para penalizar importadores e exportadores por atos criminosos. Mas, na prática, se tornou um desvirtuamento do sistema penal para arrecadar impostos e multas.

Há tempos denunciamos que a Receita Federal está trabalhando para aumentar a arrecadação de impostos e multas nas operações de importação e exportação.

Nesta fase não há empresa “certinha” ou “erradinha”, pois o Fisco está agindo de forma intensa e enquadrando qualquer empresa nos procedimentos de “combate à fraude aduaneira”.

Houve um aumento de empresas nos procurando por crimes aduaneiros e por questões mais simples, pois o que se observa é um clima de insegurança jurídica no comércio exterior, pois tudo está se transformando em “fraude aduaneira” com o enquadramento para representação criminal.

Isso tem acontecido até mesmo em casos de dúvida na interpretações da legislação aduaneira ou tributária.

Mas qual o objetivo desta pressão e criminalizar qualquer acusação de fraude aduaneira? Melhorar o comércio exterior?

Lógico que não. O objetivo das acusações é aumentar a arrecadação tributária. Isso entristece bastante!

Mas responda: Você concorda com a banalização de crimes aduaneiros para aumentar a arrecadação ?

fonte: https://lostadocalomino.com.br/crimes-aduaneiros-representacao-penal/

0 visualização0 comentário

GENERAL DOCK CONSULTORIA E LOGÍSTICA LTDA.

JUCESP - SEFAZ - ARMAZÉNS GERAIS - AUDITORIA - SISTEMAS WMS (SaaS)- AUDITORIAS

Rua Visconde de Inhomerim, 570 - WorkSpace - Moóca - São Paulo-SP CEP 03120-001

 (11) 3588-2752 (11) 98731-0060 - comercial@generaldock.com.br