Navio centenário que encalhou volta a aparecer e chama a atenção em praia de Santos, SP


Suspeita é que os restos sejam do veleiro Kestrel, que afundou nessa mesma região em 1895. Prefeitura afirma que aguarda a baixa da maré para instalar estacas.

Destroços de um navio centenário encalhado em Santos, no litoral de São Paulo, voltaram a ficar visíveis na praia do Embaré neste sábado (17). Os pedaços de madeira e metal têm chamado a atenção de banhistas, que chegam a caminhar no meio da embarcação.

A prefeitura de Santos disso que está monitorando o local e aguardando a baixa da maré em dias úteis para instalar estacas de metal em torno do navio. "Para que este serviço seja executado é necessário que a maré se mantenha baixa por pelo menos três dias, o que não vem acontecendo", afirmou, em nota.

Ainda de acordo com a administração municipa, Santos já passou por quatro ressacas desde o dia 6 de julho, o que impossibilita a instalação das estacas metálicas. "Assim que a maré baixar e o navio estiver visível o serviço será realizado", finaliza.

Outras aparições foram registradas em agosto de 2017 e em julho do ano passado. A principal suspeita é que sejam os restos do veleiro Kestrel, que afundou nessa mesma região em 11 de fevereiro de 1895.

Após a aparição em 2017, uma equipe de geólogos foi acionada pelo arqueólogo Manoel Gonzales, que lidera um grupo de seis pesquisadores, para tentar identificar a embarcação que encalhou ou naufragou ali.

À época, arqueólogos e historiadores de Portugal foram acionados para auxiliar nas investigações. "Desde a localização, estamos monitorando toda a estrutura. Fizemos imagens e enviamos a especialistas em embarcações de madeira, em Portugal", disse Gonzales.

Tesouro

Em outubro de 2017, a sondagem da área onde apareceram os destroços do navio centenário revelaram que a embarcação está toda enterrada e que, dentro dela, há um objeto de metal do tamanho de um carro popular.

O objeto de metal de seis metros de comprimento por dois de largura intrigou os pesquisadores. "Não sabemos o que é. Pensamos em uma caldeira ou até em um canhão, mas descartamos. Ele está localizado na parte da frente, próximo ao centro e do lado esquerdo, e pode nos ajudar a revelar esse navio", afirmou o arqueólogo Gonzales.

fonte: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2019/08/17/navio-centenario-que-encalhou-volta-a-aparecer-e-chama-a-atencao-em-praia-de-santos-sp.ghtml

#Notícias

69 visualizações

GENERAL DOCK CONSULTORIA E LOGÍSTICA LTDA.

JUCESP - SEFAZ - ARMAZÉNS GERAIS - AUDITORIA - SISTEMAS WMS (SaaS)- AUDITORIAS

Rua Visconde de Inhomerim, 570 - WorkSpace - Moóca - São Paulo-SP CEP 03120-001

 (11) 3588-2752 (11) 98731-0060 - comercial@generaldock.com.br